segunda-feira, 1 de junho de 2009

Portimão - Futura Capital do Cinema

video
Quando Deus quer e o Homem sonha é certo que a Obra nasce!
Há cerca de dois anos, quando ouvi falar pela primeira vez na possibilidade de Portimão se vir a transformar numa cidade do cinema, pensei: "E porque não?"
Como autor de várias obras de ficção, duas das quais editadas, sei que o Algarve tem cenários urbanos e naturais que permitem servir de base ideológica para a elaboração de qualquer cenário, facilmente convertível a filme.
Vejamos:
Paisagens naturais e urbanas que podem servir de cenário amplo:
- Costa Vicentina (falésias e praias)
- Praias Vicentinas como a de Odeceixe e Monte Clérigo
- Falésias e grutas da Ponta da Piedade, Prainha, Praia da Rocha, Carvoeiro e Senhora da Rocha
- Ria de Alvor e Ria Formosa
- Bacias dos Rios Arade e Guadiana
- Serra de Monchique
- Barragens do Funcho e de Santa Clara
- Salinas
- Núcleos urbanos de Lagos, Zona Ribeirinha de Portimão e Marina, Ferragudo, Carvoeiro, Vilamoura, Quinta do Lago, Tavira, Alcoutim, Castro Marim e Vila Real de Santo António
- Vilas tradicionais como Bordeira, Carrapateira, Alvor, Caldas de Monchique, Alte, Salir
Paisagens naturais e urbanas que podem servir de cenário restrito:
Para cenários de filmes de conteúdo histórico:
- Castelo de Aljezur, Igreja e núcleo urbano da Bordeira; Fortinho da Carrapateira; Fortaleza do Beliche, Fortaleza de Sagres, Caldas de Monchique, Alferce, Fortaleza de Santa Catarina, centro de Ferragudo e Castelo, Castelo de Silves e Sé, Castelo de Paderne, centro de Alcantarilha, centro histórico de Faro e Sé, Palácio de Estoi, Cacela Velha, Forte de Cabanas, Tavira, Castelo e Fortaleza de Castro Marim; Caravela Boa Esperança
Para cenários de filmes de expansão marítima e navegação:
- Toda a costa algarvia
- Porto de Cruzeiros de Portimão
- Marinas e Portos de Recreio de Lagos, Portimão, Albufeira, Quarteira, Vilamoura, Vila Real de Santo António
- Portos de Pesca de Portimão, Faro, Fuzeta, Olhão, Tavira, Santa Luzia
Para cenários de filmes que contenham partidas ou chegadas aéreas:
- Aeroporto de Faro
- Aerodromos de Lagos e Portimão
Para cenários desportivos:
- Estádio do Algarve - Futebol
- Autódromo do Algarve - Todos os desportos motorizados
- Zona da Serra - Rally e todo-o-terreno
- Pavilhão Arena - Todo o tipo de desporto de pavilhão
- Futuro complexo desportivo de Portimão - Piscina, Ténis
- Campos de Golfe - Golfe
- Praça de Touros - Tourada
- Centro Hipico de Belmonte - Hipismo
Para cenários de comércio e consumo:
- Grandes superfícies do Algarve Shopping e Fórum Algarve
- Centros urbanos de Portimão e Faro
- Feiras e mercados
Para cenários de circulação rodoviária:
- A 2
- Via do Infante
- Estrada Nacional 125
- Estradas costeiras e secundárias
Para cenários de ambientes de luxo:
- Quinta do Lago
- Vale de Lobo
- Casinos do Algarve
- Hoteis de 5 Estrelas
Para cenários de Praias:
- Meia-Praia, Praia da Rocha, Albufeira, Ilha de Tavira
Para cenários de campo ou floresta:
- Serra de Monchique e campina de Faro:
Para cenários escolares:
- Universidade do Algarve, Instituto Piaget, Escolas secundárias, preparatórias e primárias
Para cenários de filmes policiais e judiciários:
- Tribunais de Lagos, Portimão, Albufeira, Loulé e Faro, Estabelecimento Prisional de Silves e de Faro; Esquadras de Polícia e Quarteis da G.N.R.
Para cenários de Parques Temáticos:
- Zoo de Lagos, Zoomarine, Krazy World
Para cenários nocturnos e de diversão nocturna:
- Bares e discotecas de Albufeira e Praia da Rocha
Tem, assim, a cidade, por si só e sem a necessidade de grandes investimentos de raiz as condições necessárias para ser o centro de uma cidade do cinema e isso já foi visto com a rodagem de filmes e séries de televisão que tiveram o seu centro em Portimão.
O que faltava, então, para que a cidade de Portimão se podesse consagrar como Capital do cinema?
Basicamente faltava quem quisesse transformar a cidade de Portimão em cidade do cinema e quem quisesse investir em estúdios e centros técnicos de montagem e produção de filmes.
Disse faltava porque, neste momento, já não falta...
O Projecto Picture Portugal, liderado por Joaquim de Almeida colocou a cidade de Portimão na corrida à criação de estúdios de cinema e a CBS decidiu apoiar o projecto.
O município de Portimão irá ceder um terreno de 80 hectares, localizado junto ao Autódromo para a construção de 11 estúdios para gravação e trabalho de pós-produção. Nesse espaço será ainda construído um water-tank de grande dimensões e dois edifícios destinados a empresas do ramo e a serviços de apoio, num investimento inicial de 200 milhões de Euros, a que se somará 550 milhões para a implementação de um grande parque temático ligado ao cinema e ao automobilismo.
A breve prazo será ainda construído o novo aeródromo (com características técnicas de aeroporto) e a construção de várias unidades turísticas de 4 e 5 estrelas.
O investimento total, que já se candidatou a fundos comunitários, ascende aos 3 mil milhões de Euros.
Logo que o projecto foi publicamente apresentado choveram criticas a esta iniciativa. Uns dizendo que é impossível a realização de um investimento desta envergadura em Portimão, outros dizendo que a cidade não tem condições para ser uma cidade do cinema porque não tem nada para ver.
Os que não acreditam num investimento desta envergadura, serão certamente os mesmos que não acreditavam na construção do Autódromo do Algarve, mas estiveram presentes na sua inauguração.
Quem alega que a cidade não tem condições para ser uma "Hollywood" da Europa ou não conhece ou desvaloriza a cidade e toda a região algarvia. Talvez seja como um daqueles turistas de Agosto, que passam 15 dias num apartamento de uma das torres de Armação de Pêra ou Quarteira de onde só saem para uma praia apinhada de gente e regressam a casa a dizer que o Algarve é um inferno e não tem nada para ver. Aqueles que conhecem o Algarve sabem que a região tem beleza e condições climatéricas para a elaboração de qualquer projecto cinematográfico.
Esta ignorância ou simples má-fé é grave quando vem de pessoas que têm, ou pretendem ter, responsabilidades políticas, na medida em que, certamente por ambição ou cegueira política, acabam por pôr em causa a imagem da cidade e da região, prestando um péssimo serviço público.
Na minha opinião, há questões que devem estar acima das diferenças políticas e devem ser apoiadas por todos os quadrantes politicos e sociais da cidade e da região. Um investimento de 3.000 milhões de Euros, com o impacto que tem na economia e na valorização da região é um desses casos.
Pode o Município de Portimão e a Região do Algarve contar com o meu apoio incondicional à concretização deste projecto.

4 comentários:

  1. É assim, mesmo haja patriotismo e gosto pelo que é nosso.Estou a pensar seriamente em migrar para Portimão, e participar nesse projecto.
    rudolfo, advogado, Ovar
    rudolforodrigues@gmail.com

    ResponderEliminar
  2. Portimao... que Grande cidade! A cidade dos grandes eventos! A cidade da Glória!
    É notável o futuro promissor do Algarve.. e a rapidez estonteante com que a regiao se desenvolve! Já faltou mais para se tornar lider incontestável como destino europeu.. A california da europa..! Bravo..!

    ResponderEliminar
  3. O Novo Aerodromo sempre vai avança?
    Qual a sua exacta localização?
    Concordo com o desenvolvimento, mas acho que os habitantes locais deveriam tem uma informação mais detalhada desses projectos.

    ResponderEliminar
  4. All I can say is Wow!! This is fantastic.

    ResponderEliminar